Postado em 18 de novembro de 2014

Foi assinado em data de 17 de Novembro o convênio entre a Associação Paulista para Altas Habilidades/Superdotação – APAHSD  e a Prefeitura Municipal de São Paulo, através da SME. Agora, o enriquecimento das crianças com Altas Habilidades será realizado na sede da Associação que fica na Rua República do Iraque, 815. O enriquecimento será realizado através do projeto Quiron que, conforme já mencionado, trata de promover ações com o objetivo do desenvolvimento de crianças Alto Habilidosas (AH). O processo de desenvolvimento das crianças com altas habilidades consiste em encontros semanais de 3 (três) horas para as crianças, estando baseado na sede da APAHSD, na Rua República do Iraque, 815. O Quiron funciona a partir de uma idéia que parte dos próprios alunos, que trabalham em grupo. Os grupos não são separados por idade. A partir daí uma professora especialista em Altas Habilidades orienta as crianças em seus projetos. Cada uma das crianças aporta para o projeto sua habilidade Então, participar do projeto traz aprendizado para todas as crianças que acabam por fazer o que tem de melhor. E acabam por aprender com o outro e com a habilidade do outro. Além disso, passam a se conhecer e a se reconhecer no outro e a lidar com seus iguais. Cada semestre as turmas realizam um projeto novo e diferente que pode ser de qualquer área da inteligência: de música, passando por teatro, passando por ciências, biologia, construção, matemática e assim por diante. Agora com a parceria com a prefeitura, o projeto Quiron será acessível para todas as crianças encaminhadas pelas escolas municipais. Para participar através da prefeitura, é necessário que os pais da criança com as características descritas no site, com suspeita de Altas Habilidades, acesse o Cefai e peça um encaminhamento para o convênio firmado pela Associação. A APAHSD dá as boas vindas as crianças do município e comemora mais um passo em relação ao atendimento das necessidades especiais dos Alto Habilidosos.

Postado em 23 de agosto de 2012 | Comentários desativados

Foi protocolizado no último dia 15 de Agosto o Projeto de lei que tomou o número 352/2012 na Câmara Municipal de São Paulo. Trata-se de um documento que legisla sobre o atendimento às Altas Habilidades no Município.

A lei, se aprovada, trará respostas a muitas reivindicações dos pais de alunos com Altas Habilidades, tirará dúvidas sobre o atendimento ao Alto Habilidoso.

Uma lei que por si só trata de crianças com Altas Habilidades é um avanço e tanto, avanço este que não se encerra no mero trato pelo Estado. A lei prevê um trato qualificado pois coloca o atendimento destas pessoas nas mãos exclusivamente de professores capacitados na matéria ou especializados.

Outra nota digna de mérito é a criação do enriquecimento para crianças na pré-escola, a fim de dar estímulo para Alto Habilidosos que ainda não adentraram a primeira série. A este tipo de enriquecimento chamou-se de enriquecimento lúdico. Trata-se de uma revolução no trato de crianças com Altas Habilidades que também necessitavam de estímulo na área da inteligência em que apresentasse Alta Habilidade, não havendo, entretanto previsão legal para isso ocorrer.

O trâmite agora segundo nos informou a advogada do gabinete do vereador é o projeto ser lido em plenário na primeira sessão ordinária, indo para o processo de pesquisa, que demora mais ou menos um mês.

Após isso, o projeto passa pelas comissões, sendo a primeira a Comissão de Constituição e Justiça que verifica a constitucionalidade do projeto. Após esta comissão, o projeto passa pelas outras comissões: Educação, Cultura, Esportes, Finanças e Orçamento, devendo ficar 30 dias em cada uma delas.

Para ler o projeto inteiro clique abaixo

PL – ALTAS HABILIDADES

É importante este acompanhamento para podermos ter controle e cobrar de nosso vereadores. É ano de eleição e é a hora de cobrarmos.

Podemos acompanhar o projeto também pelo seguinte link da internet:

http://www.camara.sp.gov.br/index.php?option=com_wrapper&view=wrapper&Itemid=36

Postado em 23 de julho de 2012 | Comentários desativados

A Profa. Dra. Cristina Delou, atual presidente do CONBRASD – Conselho Brasileiro para Superdotação, tratou das altas habilidades no Canal Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz:


Postado em 13 de julho de 2012 | Comentários desativados

O Vereador Eliseu Gabriel, da Câmara Municipal de São Paulo, comentou a necessidade da implantação de políticas públicas para alto-habilidosos na cidade de São Paulo. O vereador foi o grande parceiro da APAHSD na realização do II Congresso Paulista para Altas Habilidades e Superdotação na Câmara Municipal e na implantação do Fórum Legislativo sobre Altas Habilidades.

Postado em 12 de julho de 2012 | Comentários desativados

Com o apoio e participação da Deputada Heroilma Soares, A APAHSD foi destaque na TV ALESP, da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. A Profa. Ada Cristina Toscanini, Presidente da APAHSD e a Profa. Ana Lucia Pires Fanganiello, do Conselho de Pais da APAHSD, realizaram um debate com a Deputada Heroilma sobre o tema das Altas Habilidades.

Postado em 27 de junho de 2012 | Comentários desativados

Reunião da APAHSD com o CAPE e o Secretário Estadual de Educação

Hoje dia 27 de junho de 2012, tivemos nossa primeira reunião com o Secretario de Educação Estadual Sr.: Herman Jacobus Cornelis Voorwald. O objetivo desta reunião é o pedido de Políticas Públicas que contemple a situação e as Necessidades Especiais dos Alto Habilidosos.

Participaram desta reunião o Sr. Secretário, seu Assessor Parlamentar Ivan Luiz Aguiar de Andrade, representantes do CAPE (Centro de Apoio Pedagógico Especializado) Sra. Denise Arantes e Sra. Rosangela Gerbara, a Deputada Eroilma Soares e sua assessora de imprensa, a Presidente da APAHSD – Associação Paulista para Altas Habilidades/Superdotação – Sra. Ada Cristina Garcia Toscanini, o Advogado da mesma instituição – Sr. Alexandre Barbosa Valdetaro e a Sra. Ana Lucia Fanganiello, representando o Conselho de pais de Altos Habilidosos/Superdotados. (mais…)

Postado em 27 de junho de 2012 | Seja o primeiro(a) a comentar!

O Fórum Legislativo das Altas Habilidades/Superdotação se reuniu pela terceira vez no dia 19 de junho, na Câmara Municipal de São Paulo.  O fórum foi instituído no legislativo municipal pelo Vereador Eliseu Gabriel e é coordenado pela APAHSD.   A sua terceira reunião propôs a elaboração de regulamentação específica para o atendimento ao alto habilidoso na educação básica no Município de São Paulo, que foi apresentada pelo Prof. Giovanni Eldasi.

O Fórum contou com a participação de professores titulares da Universidade de São Paulo (USP) que trouxeram contribuições específicas de suas áreas de pesquisa e dirigentes de sindicatos de educação da cidade de São Paulo.

Compuseram a mesa, o vereador Eliseu Gabriel; a Profa. Dra. Nely Garcia, da Faculdade de Educação da USP; o Prof. Dr. José Alberto Aguilar Cortez, da Escola de Educação Física e Esportes da USP que representou também o Prof. Dr. Antonio Carlos Simões, do LAPSE, Laboratório de Psicossociologia do Esporte, da USP; a Profa. Ada Cristina Garcia Toscanini, presidente da Associação Paulista para Altas (APAHSD);  o Prof.  Giovanni Ferreira Eldasi,  Diretor da Rede Inclutopia, a Profa.  Marilva Silva Gonçalves, Dirigente Sindical do Sinesp; e o Prof. Ms. Arnaldo Ribeiro, secretário da Aprofem. O Fórum teve ainda relevantes contribuições na área de educação infantil enviadas pela Profa. Dra. Tizuko Kishimoto, do LABRIMP – Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos da USP.

‘‘No mundo inteiro, 5% da população é super dotada, de todas as faixas sociais, de todas as etnias, de todas as cores. É um número muito expressivo. Isso precisa ser um bem e jogar a favor da sociedade e das famílias. Eles têm que ser muito felizes e ajudar o resto da população a ser feliz também’’, disse o vereador Eliseu Gabriel.

A Profa. Dra. Nely Garcia, da FEUSP, com a Profa. Ada Cristina, da APAHSD, ainda completaram dizendo que ‘‘esses 5% se referem só a alta habilidade cognitiva, não estamos incluindo as pessoas que tem altas habilidades em outras áreas, como corporais, musicais, artísticas, criativas, etc. Pela própria Organização Mundial da Saúde, esse índice se eleva de 15 a 20%. Não é um número pequeno’’.

A professora Marilva Soares, da Diretoria do Sinesp falou sobre a necessidade de se aprofundar esta discussão. ‘‘É um assunto que ainda está debaixo do tapete. Nós temos que colocá-lo em lugar de destaque, por que os nossos gestores lutam com muita dificuldade para atender esta demanda, é um assunto totalmente desconhecido’’, disse.

O professor Giovanni Eldasi lembrou que universidades como a de Harvard têm por volta de 48 Prêmios Nobel, em quanto o Brasil não tem nenhum. ‘‘Com certeza nós estamos aqui dando passos para os futuros Prêmios Nobel do Brasil. Dos prêmios da Universidade de Harvard, 34 tiveram atenção especial e políticas públicas. Essas políticas para o alto habilidoso estão aumentando e não são caras. A barreira é pedagógica, não há grandes gastos de infraestrutura’’, explicou.

O Prof. Dr. José Alberto Aguilar Cortez pode enfatizar que não se pode separar a cognição do movimento corporal, apontando a necessidade da identificação e atendimento  de alunos com talentos psicomotores, dado que a falta de oportunidades de desenvolvimento para esse público acarreta não só a perda de talentos para o mundo esportivo, mas também causa prejuízos em competências e habilidades previstas em todo o currículo escolar, publicando ainda nota em seu site.

A presença do Conselho de Pais da APAHSD, além de crianças com altas habilidades e professores da rede municipal, trouxe ainda importantes contribuições sobre a vivência e dificuldades do  dia-a-dia de alto-habilidosos.  O Fórum tem a sua próxima reunião prevista para o mês de agosto. Participe, divulgue, é um espaço destinado a todos!

 

Postado em 26 de abril de 2012 | Comentários desativados

A deputada estadual e primeira-dama de Itaquaquecetuba, Heroilma Soares Tavares, visitou nesta semana a sede da APAHSD. No local, a parlamentar foi recebida pela presidente, Profa. Ada Cristina Toscanini. Segundo foi exposto, o principal objetivo da associação é sensibilizar o Estado de São Paulo, no sentido de desenvolver políticas públicas voltadas para o atendimento destas pessoas. “Queremos que o Estado tenha um olhar mais atencioso, para com os portadores de Altas Habilidades, porque me deparo diariamente com casos de crianças que abandonam a escola, por não são compreendidos e muitas vezes não conseguem se inserir na sociedade chegando a um limite extremo”, explicou.

Após ouvir atentamente as explicações e o relato da presidente, sobre o dia a dia e as dificuldades enfrentadas pelas crianças que apresentam algum tipo de alta habilidade, a deputada afirmou que agendará uma audiência com o secretário estadual de Educação, Herman Jacobus Cornelis Voorwald.

Heroilma pretende ainda apresentar a associação à Comissão de Educação da Assembleia Legislativa. “O que eu puder fazer para divulgar e colaborar com o trabalho da associação, eu farei. São crianças que precisam de um olhar mais atento tanto do poder público quanto da sociedade civil”, finalizou. Após a conversa, Heroilma visitou as instalações da instituição e conheceu de perto o trabalho da APAHSD.

Veja matéria no Portal da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

Veja matéria no site da Deputada Heroilma Soares

Postado em 26 de abril de 2012 | Seja o primeiro(a) a comentar!

A Rádio Câmara, da Câmara Municipal de São Paulo, deu destaque ao evento:

A presidente da APAHSD, Profa. Ada Cristina Toscanini, cobrou do Estado e o município de São Paulo as devidas políticas públicas adequadas para o segmento:

O vereador Eliseu Gabriel (PSB), que apoiou o evento, pretende estudar medidas de inclusão de superdotados que são vítimas de discriminação:

Postado em 26 de abril de 2012 | Seja o primeiro(a) a comentar!

·         (Dados extraídos de MEC 2007 – Quadro 5 – p.44)                

1 – Aprende fácil e rapidamente. 

2 – É original, imaginativo, criativo, não convencional.

3 – Está sempre bem informado, inclusive em áreas não comuns.

4 – Pensa de forma incomum para resolver problemas.

5  – É persistente, independente, auto-direcionado (faz coisa sem que seja mandado).

6 – Persuasivo, é capaz de influenciar os outros.

7 –  Mostra senso comum e pode não tolerar tolices.

8 –  Inquisitivo e cético, está sempre curioso sobre o como e o porquê das coisas.

9 - Adapta-se com bastante rapidez a novas situações e a novos ambientes.

10 - É esperto ao fazer coisas com materiais comuns.

11 - Tem muitas habilidades nas artes (música, dança, desenho etc.).

12 –  Entende a importância da natureza (tempo, Lua, Sol, estrelas, solo etc.).

13  – Tem vocabulário excepcional, é verbalmente fluente.

14 –  Aprende facilmente novas línguas.

15 - Trabalhador independente.

16 – Tem bom julgamento, é lógico.

17  – É flexível e aberto.

18 –  Versátil, tem múltiplos interesses, alguns deles acima da idade cronológica.

19 - Mostra sacadas e percepções incomuns.

20 - Demonstra alto nível de sensibilidade e empatia com os outros.

21 - Apresenta excelente senso de humor.

22  – Resiste à rotina e à repetição.

23  – Expressa idéias e reações, freqüentemente de forma argumentativa.

24 - É sensível à verdade e à honra.

 

  • No caso de Alto Habilidosos Cognitivos:
  • Vocabulário avançado
  • Perfeccionismo
  • Críticos
  • Contestadores
  • Não gostam de rotina
  • Grande interesse por temas abordados por adultos
  • Facilidade de expressão
  • Desafia professor e colegas
  • Conseguem monopolizar atenção de professor e colegas
  • Preferem geralmente trabalhar de forma individual

Assista à matéria da Revista Veja com a participação da APAHSD sobre características, evidências ou indícios que uma criança tem altas habilidades e algumas atitudes diante desta constatação.

Postado em 30 de novembro de 2011 | Comentários desativados

As Dirigentes Sindicais Aparecida B. Teixeira, Cidinha e Norma Lúcia de Andrade dos Santos representaram o SINESP, Sindicato dos Especialistas em Educação do Ensino Público do Município de São Paulo.

Em sua fala, na mesa de abertura do Evento, Cidinha disse que essa temática é muito importante para os profissionais da educação e da saúde que atuam diretamente com as pessoas com altas habilidades/ superdotadas, para que possam fazer o diagnóstico adequado e prestar o atendimento necessário. Falou também, da importância desse Congresso de traçar indicadores para a elaboração de políticas públicas de inclusão. Através de pesquisa  do SINESP – Retrato da Rede os Gestores Educacionais apontaram as dificuldades para lidar com a inclusão e vêm cobrando do poder público procedimentos.

Veja matéria completa aqui ou clique para ampliar a imagem.

Postado em 30 de novembro de 2011 | Comentários desativados

A tradicional Associação de Professores, com 120 mil associados e 90 sedes regionais espalhadas pelo interior do Estado de São Paulo, deu destaque ao congresso. Veja matéria neste link ou clique para ampliar a imagem.

Postado em 1 de outubro de 2011 | Comentários desativados

A  APAHSD – Associação Paulista para Altas Habilidades/Superdotação convida a todos para o II Congresso Paulista para Altas Habilidades/Superdotação.

Local: Câmara Municipal de São Paulo

Viaduto Jacareí, 100, São Paulo, Capital.

Dia 28 de Novembro de 2011, das 08:00 às 18:00 horas.

OBJETIVOS:

  • Contribuir para a compreensão das características do alto habilidoso/superdotado, superando o preconceito, possibilitando um novo olhar com relação ao desenvolvimento;
  • Subsidiar a formulação de políticas públicas, que considerem a inclusão do alto habilidoso/superdotado e o atendimento às necessidades educacionais especiais.

PROGRAMAÇÃO:
Mesa Redonda – Alto Habilidoso: saúde, emoções e aprendizado
Daniel Fuentes – Inteligência e Neurociência
Diretor do Serviço de Psicologia e Neuropsicologia do Hospital das Clínicas:
Psicólogo da equipe do Dr. Daniel: Inteligência e Altas Habilidades/Superdotação: conceitos e definições
Ada Cristina Garcia Toscanini: O alto habilidoso/superdotado na escola
Presidente da APAHSD

Mesa Redonda: Legislação – 13h30 / 14h30
Alexandre Barbosa Valdetaro – Legislação: aspectos teóricos
Advogado da APAHSD
Cristina Delou – Aspectos práticos no Brasil
Presidente do Conselho Brasileiro de Superdotação:
Suzana Pérez – Políticas Públicas de Superdotação: A experiência do Rio Grande do Sul
Membro do Conselho Técnico da Associação Gaúcha de Apoio às Altas Habilidades/Superdotação

Mesa Redonda: Vicissitudes da proposição de políticas públicas que atendam as necessidades especiais dos alto habilidosos/ superdotados – 15h10 às 16h10
Maria Elizabeth da Costa
Diretora do Serviço de Educação Especial / CAPE
Ada Cristina Garcia Toscanini
Presidente da APAHSD
Dalva Alves Santana
Coordenadora do Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão – CEFAI da Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro / Secretaria Municipal de Educação

PÚBLICO:

Profissionais da educação, sindicatos, Câmaras Municipais de Municípios Vizinhos, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Conselhos Tutelares, Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Estadual de Educação, Conselho Municipal de Educação, médicos, psicólogos, faculdades, universidades, advogados.

APOIO:

Câmara Municipal de São Paulo - http://www.camara.sp.gov.br/

Vereador Eliseu Gabriel - http://www.eliseugabriel.com.br

APROFEM – Sindicato dos Professores e Funcionários Municipais de São Paulo - http://www.aprofem.com.br

SINESP – Sindicato dos Especialistas em Educação do Ensino Municipal de São Paulo - http://www.sinesp.org.br/

APASE - Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo - http://www.sindicatoapase.org.br/

SINPRO – Sindicato dos Professores de São Paulo - http://www.sinprosp.org.br

SIEEESP – Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo - http://www.sieeesp.org.br/

CPP – Centro do Professorado Paulista - http://www.cpp.org.br

ABRAPEE – Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional - http://www.abrapee.psc.br