Principal »

O Projeto Quiron

13 de agosto de 2014

 

Muito vivenciado na Associação, mas pouco falado nas mídias sociais ou mesmo na página da APAHSD, o Projeto Quiron, praticamente nasceu junto com a APAHSD. Este projeto trata de promover ações com o objetivo do desenvolvimento de crianças Alto Habilidosas (AH), sendo que O processo de desenvolvimento das crianças Alto Habilidosas consiste em encontros semanais de 3 (três) horas para as crianças, estando baseado na Sede da APAHSD, sito à Rua República do Iraque, 815.

 

Nos últimos dias de Junho, as turmas de 2014 apresentaram seus projetos. Os projetos foram a construção de um motor elétrico e de uma pilha elétrica, outro grupo estudou a água (preservação). Um terceiro grupo estudou os dinossauros e um quarto grupo estudou a roda d’água.

 

Despertar o interesse é um ponto central e nevrálgico do projeto. Todos os Alto Habilidosos chegam a  Associação com uma carga de estigmatização. Normalmente são considerados hiperativos, ou com déficit de atenção ou qualquer outra conduta que não sua Alta Habilidade. São crianças que carecem de identidade porque não se enxergam no outro. Muitas vezes já desistiram do que é ministrado na escola – que muitas vezes está aquém do seu interesse – e isso lhe causou este estigma.

 

O Quiron funciona a partir de uma idéia que parte dos próprios alunos, que trabalham em grupo. Os grupos não são separados por idade.  Cito sempre o exemplo da casinha de caixas de leite, que durou até o semestre passado, feita pela turma de 2009. Na época as crianças quiseram saber – e se perguntaram – com seria construir uma casa e que materiais poderiam usar para isso.

 

A partir daí uma professora especialista em Altas Habilidades orienta as crianças em seus projetos. No caso da confecção da casa, as crianças foram orientadas a pesquisar matérias para construí-la. (foi eleito a caixa de leite), calcular o número de caixas de leite para construir uma casa com medidas (no caso 2 x 2 x 2), fazer campanha para adquirir as caixas, lavá-las, cola-las, envernizar, montar, pintar a casa, etc.

 

Cada uma das crianças aporta para o projeto sua habilidade, ou seja, a criança que tem habilidade em matemática, ajuda a calcular a quantidade de caixinhas, a partir das medidas da casa e dos invólucros de leite, a criança que tem Alta Habilidade em artes, vai dar o acabamento, e assim por diante.

 

Então, participar do projeto traz aprendizado para todas as crianças que acabam por fazer o que tem de melhor. E acabam por aprender com o outro e com a habilidade do outro.

 

Além disso, passam a se conhecer e a se reconhecer no outro e a lidar com seus iguais.

 

Cada semestre as turmas realizam um projeto novo e diferente que pode ser de qualquer área da inteligência: de música, passando por teatro, passando por ciências, biologia, construção, matemática e assim por diante.

 

O Projeto Quiron consegue agregar os Alto Habilidoso e transforma o modo de aprendizagem, de relacionamento das crianças.

Imagem1 Imagem2